Entrevista sobre Fotografia com Juan Caballero

04:32

"Não é o equipamento que vai dizer se você é um bom fotógrafo ou não, mas sim aquilo que você consegue transmitir através da fotografia." Juan Caballero, 20 anos, fotógrafo desde 2011, desejo futuro é se aventurar na área esportiva e paisagismo.


Como e quando você se descobriu como fotógrafo?
Eu já tirava fotos no celular e postava nas redes sociais, então meu tio viu que eu gostava disso e me deu uma câmera digital, sem ser profissional. Então eu fui tirando e mudando um pouco de ângulo de visão, então minha mãe resolveu me dar uma câmera digital profissional, desde então foi quando eu descobri mesmo a fotografia, comecei a pesquisar mais, comprei alguns livros e entrei de verdade nesse mundo da fotografia.

Você gosta de fotografar paisagens, lugares que você visita, cotidiano, etc. Qual desses você tem mais afinidade na fotografia?
Eu tenho algumas preferências, gosto bastante de fotografias de natureza e paisagem, mas acho que se você quer algo desafiador, você tem que sair da sua zona de conforto, então pegar o cotidiano é algo muito interessante, ainda mais pra quem está fazendo fotojornalismo.

Quem são as suas influências no mundo da fotografia?
Sebastião Salgado, os trabalhos dele são incríveis, com muita expressão e muito contraste, é um fotógrafo que modificou a história da arte. Ansel Adams estudou muito a questão dos contrastes na fotografia, em preto e branco, em paisagens. Os dois tem grande influência no que eu tento buscar na fotografia.

Na fotografia humana, quais são os maiores desafios para você? Lidar com as pessoas que estão sendo fotografadas, ângulos, sentimentos...
Antes de começar um ensaio fotográfico na minha opinião, a gente tem que criar um clima, quebrar o gelo e criar um diálogo para que durante a fotografia, os dois (a pessoa fotografada e o fotógrafo) possam dar ideias de poses, de direcionamento de imagem, as ideias da pessoa, as ideias do fotógrafo somam muito na hora do ensaio. Em termos de ângulo, é sempre bom o fotógrafo estar sempre pesquisando em revistas e blogs, as tendências de poses pra na hora do ensaio você não sair tão cru, mas também é muito importante a criatividade do fotógrafo de ver alguma situação e colocá-la em prática. Por isso que praticando cada vez mais ensaios fotográficos, você vai criando essa visão. O grande desafio hoje é tentar quebrar essa barreira antes do ensaio, tentar deixar a pessoa a vontade e ela entender que ali vai ser um trabalho mútuo, entre o modelo e o fotógrafo, o fotógrafo e o modelo.

Em relação a cursos, como você se posiciona dentro do mercado de trabalho?
Hoje a questão da fotografia cresceu muito, você pode fazer no celular quase a mesma coisa que você faz com a câmera. Então com esse crescimento, apareceram diversos cursos, só que a pessoa tem que pesquisar muito antes para saber se aquele curso tem a qualidade certa para somar a sua carreira. É muito importante pra qualificação do seu trabalho, você sempre buscar algo novo e existem Workshops com coisas bem diferentes, de fotógrafos renomados que podem somar ao seu trabalho e é isso que eu procuro.

Deixe uma mensagem para os meus leitores que amam fotografar! ♡
Fotografar é colocar sua realidade em cada clique. É isso que faz a fotografia ser algo tão impressionante, porque você pode ver a realidade de cada pessoa na foto. Você deve sempre procurar algo que te inspire e que esteja na sua realidade, evitar copiar os outros e fazer a sua realidade no clique. Não é o equipamento que vai dizer se você é um bom fotógrafo ou não, mas sim aquilo que você consegue transmitir através da fotografia.

Você Também Pode Gostar

0 comentários